19a17e_8f4e7fe7f93c4b5f96fdab39711ab5a4_mv2

Outubro Rosa relembra às mulheres a importância do cuidado com o corpo e com a mente

O mês de outubro, em todo mundo, é marcado por uma luta em prol da vida. A campanha Outubro Rosa tem por objetivo alertar a sociedade sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama, doença causada pela multiplicação desordenada de células da mama, que resultam na formação de um tumor.

Dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca) apontam que o câncer de mama é o segundo tipo que mais acomete brasileiras, representando cerca de 29,2 % dos cânceres que afetam o sexo feminino. Para o Brasil, foram estimados mais de 66 mil novos casos em 2020, doença que também acomete homens, porém é raro, representando cerca de 1% do total de casos.

“O diagnóstico precoce da doença é a maior aliado da cura, mas infelizmente no Brasil, grande parte das mulheres descobre tardiamente, pois não têm o hábito de fazer o auto exame, indicado para ser realizado uma semana após a menstruação, ou qualquer dia do mês para aquelas que não menstruam”, alerta Gustavo Dahmen – especialista em mastologia e em ginecologia -obstetrícia.

Além de estarem atentas ao próprio corpo, as mulheres de 50 a 69 anos devem fazer mamografia de rastreamento, no mínimo a cada dois anos. Esse exame pode ajudar a identificar o câncer antes de a pessoa ter sintomas. “Sem dúvida, o auto exame é fundamental, porém visitas regulares ao médico e a realização da mamografia para a faixa etária indicada, são fatores imprescindíveis para que a mulher adulta possa se precaver da doença”, enfatiza Rafael Gonçalves Rosa – mastologista e obstreta.

Ainda segundo informações do Inca, não há uma causa única para o câncer de mama. Diversos agentes estão relacionados ao desenvolvimento da doença entre as mulheres, como envelhecimento (quanto mais idade, maior o risco de ter a doença), fatores relacionados à vida reprodutiva da mulher (idade da primeira menstruação, ter tido ou não filhos, ter ou não amamentado, idade em que entrou na menopausa), histórico familiar de câncer de mama, dentre outros.

bigstock-people-medicine-stomatology-132250814-735x460O dentista como aliado no tratamento

O diagnóstico correto do câncer é essencial para um tratamento adequado e eficaz, porque cada tipo da doença precisa de um tratamento específico, que pode envolver uma ou mais modalidades, como cirurgia, radioterapia ou quimioterapia. Por isso o primeiro passo é determinar os objetivos do tratamento e dos cuidados paliativos, e os serviços de saúde devem estar integrados e centrados nas pessoas, para promover a cura ou prolongar a vida do paciente de forma considerável. E nesse aspecto, a odontologia pode ser uma grande aliada. “Nós dentistas temos que acompanhar essa paciente e antes que inicie o tratamento, fazer uma inspeção na cavidade bucal, tirando qualquer problema que possa agravar ainda mais a sua saúde”, diz Ana Carolina Palmiro Dahmen – clínica geral e especialista em implantodontia e ortodontia.

mulher-exercitandoComo manter uma vida mais saudável e a doença longe de você

Com a correria e o estresse do dia a dia, muitas mulheres não dão a devida importância a saúde do corpo e da mente, pois isso, a incidência do câncer de mama vem aumentando nos últimos anos. Porém, uma vida saudável, com menos estresse e mais qualidade podem ser aliados da saúde feminina. O Instituto do Câncer aponta que 30% dos casos podem ser evitados quando são adotados bons hábitos no dia a dia. “A prática de atividade física e alimentação saudável, com manutenção do peso corporal adequado, estão associadas ao menor risco de desenvolver câncer de mama”, diz o Dr. Rafael Rosa.

Por isso, combater o sedentarismo e a obesidade, fazer atividades que tragam bem estar, evitar o consumo excessivo de álcool e fazer o diagnóstico precoce dos tumores, não esquecendo do auto exame e a visita regular ao médico, são algumas das ações que podem ajudar a manter essa doença a quilômetros de distância.

Q DE QUINELATO - OFICIAL - PNG

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *